rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
RFI CONVIDA
rss itunes

Cláudio Edinger participa da feira Paris Photo com imagens de "Machina Mundi"

Por Patricia Moribe

Novembro em Paris é sinônimo de fotografia. Vários eventos enchem a cidade de imagens e um dos pontos altos é a Paris Photo, a grande feira anual de imagens que acontece no Grand Palais até dia 13, segunda-feira.

A Livraria Madalena está com um stand no evento e trouxe vários artistas para uma tarde de autógrafos, entre eles Cláudio Edinger, carioca radicado em São Paulo, muito premiado e publicado. Ele está apresentando seu mais novo livro, "Machina Mundi", que traz imagens diferenciadas, ao mesmo tempo focadas e desfocadas.

“Ninguém enxerga tudo focado, não existe isso. É uma mentira que a fotografia trouxe ao mundo. Mesmo olhando uma foto, você cria o foco seletivo. Você vê a montanha, o rio sai de foco. É normal. O meu livro anterior ‘Paradoxo do Olhar’ é justamente isso. A nossa ambiguidade já começa na maneira como a gente enxerga as coisas, focadas e desfocadas ao mesmo tempo, e é com isso que gosto de trabalhar”, explica o fotógrafo.

Andanças

Irriquieto, Edinger se formou em Economia, mas a paixão pela fotografia prevaleceu. A primeira série da carreira, sobre o edifício Martinelli, em São Paulo, chamou a atenção. Depois foram 20 anos nos Estados Unidos, de onde surgiram os trabalhos sobre os judeus hassídicos do Brooklin, em Nova York, e depois sobre o Hotel Chelsea, na Califórnia.

De volta ao Brasil, outras séries marcantes se seguiram, como o premiado “Loucura”, sobre o hospício do Juqueri, em São Paulo. “Machina Mundi” são imagens de São Paulo e Rio feitas de helicóptero, feitas com câmera de grande formato. O próximo projeto, Edinger adianta, vai ter como pano de fundo a Europa.

Brasileiro Lucas Guimaraens é curador convidado da Bienal de Poetas na França

"Clarice Lispector é única não só no Brasil, mas no mundo também", diz biógrafo Benjamin Moser

“Produzimos 45% de toda a proteína do Brasil sem desmatar”, diz governador do Mato Grosso na China

“Villa-Lobos leva o europeu a se interessar por outros compositores brasileiros”, diz Paulo Meirelles

Brasília se cala sobre a responsabilidade da Samarco na tragédia de Mariana, diz promotor

“Fotos brasileiras interessam cada vez mais mercado da arte”, diz curador em Paris

“Nunca morreram tantas pessoas assassinadas no Brasil”, diz pesquisador

Izabella Borges: "existe uma lenda que literatura brasileira não vende na França"

“Não existe salvador da pátria”, afirma prefeito do PSDB em visita a Paris

Portaria do governo enfraquece combate ao trabalho escravo no Brasil, diz especialista da OIT