rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

França Alimentação Orgânico Escola Alimentos orgânicos

Publicado em • Modificado em

França quer 50% de alimentos orgânicos nas cantinas escolares

media
Governo quer incentivar produtores de orgânicos para valorizar o setor. MYCHELE DANIAU / AFP

Até 2022, 50% dos alimentos servidos nas cantinas escolares da França devem ser orgânicos e produzidos nas proximidades, garantiu neste domingo (3) o ministro da Agricultura do país, Stéphane Travert. A medida faz parte de um amplo plano de política alimentar, que deve virar lei até o fim do mandato do presidente Emmanuel Macron.


A implementação de uma alimentação mais orgânica das crianças e adolescentes é uma promessa de campanha do líder centrista, compromisso que ele reiterou em outubro, durante um discurso para produtores rurais. Em entrevista ao Journal du Dimanche, Travert afirmou que o governo também vai adotar medidas para privilegiar a produção de aves livres de gaiolas.

Durante seu mandato, Macron quer valorizar a agricultura e os preços pegos pelos produtos agrícolas por meio de estímulos à agricultura sustentável, uma vez que a preocupação com a alimentação saudável e sem agrotóxicos, além do bem-estar animal, ganha cada vez mais adesão dos franceses.

O ministro da Agricultura revelou que, junto com a ministra da Saúde, analisa a criação de um “fundo de prevenção público-privado” para sensibilizar a população sobre os benefícios de uma alimentação sadia, especialmente os jovens. Travert lembrou que é na cantina escolar que muitas crianças e adolescentes pobres comem a única refeição equilibrada do dia.

Com informações da AFP