rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
RFI CONVIDA
rss itunes

Documentário brasileiro mostra elos entre jazz e samba

Por Patricia Moribe

‘Jazz e Samba’ é o documentário do cineasta e fotógrafo Jefferson Mello que encerra o Festival de Bossa Nova que acontece em Thiais, subúrbio de Paris.

“A primeira vez que fui a Nova Orleans e vi um desfile de uma parada de jazz num subúrbio eu percebi as similaridades entre o jazz e o samba e a influência africana nos dois casos”, conta o diretor a respeito da origem do projeto. O resultado foi um belo diálogo entre os dois sons, entre sambistas e jazzistas.

“A questão da diáspora me interessa muito e depois do ‘Samba e Jazz’ fui atrás de outros ritmos que a África nos presenteou”, conta Mello, que, a partir dessas pesquisas, está com outro projeto na manga: ‘Razões Africanas’.

“A ideia é mostrar o protagonismo da África no contexto contemporâneo, em vários ritmos musicais”, continua. “Eu vou mostrar a influência africana no blues, no Mississippi, na rumba, em Cuba, e no jongo da Serrinha, no Rio de Janeiro. O jongo antecede o samba. São praticamente seis países envolvidos. As minhas pesquisas indicam as raízes do blues no Mali, da rumba no Congo e do jongo em Angola”, relata Jefferson.

Cavaleiro Caju

O diretor também toca um outro projeto paralelo, batizado de ‘Chevalier Paulo César’, a respeito do jogador da seleção dos anos 1970, ídolo do Botafogo e que passou pelo Olympique, de Marselha. O craque recebeu a honraria francesa de cavaleiro da Legião de Honra do então presidente François Hollande, no ano passado.

“Um personagem como o Paulo César Caju merece um documentário em vida, não adianta fazer uma homenagem depois. Ele teve uma carreira bonita e polêmica, ele sempre falou o que quis, ganhou muito e perdeu muito”, acrescenta.

O documentário ‘Samba e Jazz’ vai ser exibido na embaixada do Brasil em Paris, na próxima terça-feira (12).

“PT não promoveu alfabetização política no Brasil”, diz Frei Betto

Cineasta Marcelo Novais lança em Paris um “diário íntimo de uma geração”

Incêndios e barricadas substituíram greves como forma de protesto na França, diz especialista

Representante dos delegados da Polícia Federal diz ser contra banalização das armas no Brasil

Lia Rodrigues volta à Paris com “Fúria”, coreografia com moradores da favela da Maré

Militares nomeados por Bolsonaro são mais moderados do que ministros, diz Leonardo Sakamoto

“Comunidade internacional espera responsabilidade ambiental do Brasil”, diz especialista

“Muita gente procurava uma confeitaria menos doce”, diz chef francês radicado em Brasília

Paris recebe Bazar de Natal com artesanato de mulheres de favelas cariocas

Fotógrafo brasileiro lembra 30 anos da morte de Chico Mendes com exposição em Paris

Músicos Francis e Olivia Hime homenageiam Vinicius de Moraes na França

“Ser estrangeiro me fez escritor”, diz Natan Barreto, que lança livro de poesias em Paris

“Discurso de Bolsonaro legitima ‘direito de matar’”, afirma professora da Universidade de Brasília

Ex-ambulante brasileiro fala para 400 estudantes na Europa: “Seja parte da solução, não do problema”

“Romances em quadrinhos estão em momento especial”, diz ilustradora Luli Penna

“Sociedade civil é quem vai mudar o Brasil”, diz empresária Luiza Trajano em Paris

“É preciso regulação para que investigações sobre fake news não demorem anos”, diz especialista