rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

França Tempestade Europa

Publicado em • Modificado em

Tempestade Ana causa estragos na França e em vários países europeus

media
Ondas gigantes no norte da França em Boulogne-sur-Mer (Pas-de-Calais) neste domingo(10). REUTERS/Pascal Rossignol

A França vive um dia caótico nesta segunda-feira (11) com a passagem de tempestade Ana, que chegou pela costa atlântica e varre o interior do país com chuvas e ventos de 140 a 150 km por hora.


A ventania provoca ondas de nove metros de altura na região de Landes, perto de Bordeaux, no Sudoeste do país. Outra área castigada pelos ventos fortes é o País do Loire, no Noroeste da França. Segundo a companhia de energia elétrica francesa Enedis, 120 mil domicílios tiveram o serviço interrompido na manhã desta segunda.

A tempestade Ana ainda provoca nevascas nas regiões norte, leste e sudeste do país. O Instituto Nacional de Meteorologia, MeteoFrance divulgou que 32 departamentos franceses estão em alerta laranja, o segundo mais grave da escala. O asfalto escorregadio levou ao fechamento de rodovias.

No norte da França, o tráfego foi interrompido na rodovia A-16 entre as cidades de Calais e Boulogne-sur-Mer. A neve levou as autoridades de Lille a suspender a circulação dos ônibus. No sudeste e na ilha da Córsega, os moradores devem ficar alertas às ondas, que podem provocar inundações.

Embarcação encalhada no Canal da Mancha

Nesse domingo (10), um ferry da companhia britânica P&O com mais de 300 pessoas a bordo encalhou no porto de Calais, no Norte da França, um dos mais importantes da Europa. O incidente não deixou feridos, mas o tráfego no Canal da Mancha só foi restabelecido durante a noite.

Um ferry da companhia britânica P&O com mais de 300 pessoas a bordo encalhou no porto de Calais, um dos mais importantes na Europa em termos de passageiros. REUTERS/Pascal Rossignol

Chuva e neve deixam a Europa em alerta

Os ventos fortes, chuvas e nevascas atingiram vários países da Europa no fim de semana. Em Portugal, uma mulher de 45 anos morreu perto da cidade do Porto. O carro que ela dirigia foi atingido pela queda de uma árvore arrancada pelo vento. Os temporais também derrubaram 389 árvores e causaram 37 pontos de inundação. Segundo o serviço meteorológico português, nessa segunda-feira, a velocidade dos ventos pode alcançar até 130 km/h no Norte e no Centro do país.  

No Reino Unido e na Alemanha, a neve tumultuou os transportes viário, ferroviário e aéreo. Foram registradas nevascas na Escócia, na Irlanda do Norte, Inglaterra e País de Gales, com menos força, em Londres, onde foi emitido alerta amarelo. Na Alemanha, 300 voos foram cancelados domingo no aeroporto de Frankfurt por causa do mau tempo. Segundo o porta-voz da Fraport, a concessionária responsável por esse aeroporto, o maior do país, mais voos poderão ser suspensos. No estado da Renânia do Norte-Westfália, também no oeste da Alemanha, várias linhas ferroviárias sofreram cancelamentos e atrasos.