rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

França Paris Resgate Rio Sena Mergulho Polícia Tempestade

Publicado em • Modificado em

Policial desaparece durante exercício no rio Sena, em Paris

media
Um dispositivo importante de buscas foi implementado com um helicóptero, a brigada dos bombeiros, a brigada fluvial e um drone para procurar a policial desaparecida em 5 de janeiro de 2018. Reprodução Youtube

Uma policial mergulhadora da brigada fluvial de Paris desapareceu durante um exercício no rio Sena, em Paris, na manhã desta sexta-feira (5), na altura da igreja de Notre-Dame, segundo fontes da polícia. A tempestade Eleanor e os fortes ventos dificultaam as buscas e fizeram subir o nível do rio em mais de três metros.


Por volta das 11h30 locais (8h30 de Brasília), a mergulhadora "não subiu até a superfície do Sena durante um exercício", informaram os bombeiros. Um dispositivo importante de buscas foi implementado com um helicóptero, a brigada dos bombeiros, a brigada fluvial e um drone para procurar a policial desaparecida, afirmou a Polícia de Paris. Toda a região foi isolada.

"Foi um exercício conjunto da brigada fluvial e dos bombeiros de Paris e tratava-se de um treinamento planejado e supervisionado", afirmou o porta-voz das forças de segurança.

Um helicóptero sobrevoou a área ao meio-dia. Uma câmera térmica foi usada para tentar localizar a policial. Um perímetro de segurança foi instalado na área da igreja de Notre-Dame, no coração da capital.

Inundações

Após o mau tempo dos últimos dias, o nível do Sena subiu em Paris, e o rio foi colocado em "vigilância amarela", quando foram tomadas as primeiras medidas preventivas ao longo de toda a área do cais.

Segundo o Vigicrues, órgão público de vigilância de enchentes, o nível do Sena chegou a 3,11 metros na altura da estação de trens de Austerlitz, por volta de 8h da manhã desta sexta-feira. As águas podem extrapolar os 4 metros daqui até domingo, segundo Vigicrues. Na última inundação do Sena, em junho de 2016, o nível do rio atingiu a marca de 6,15 metros.

Na quinta-feira (4), um bombeiro foi varrido pelas águas entre Isère e Savoy, depois de um deslizamento de terra. Nesta sexta-feira, após 24 horas de buscas, um corpo foi encontrado por volta de meio-dia, perto do local do desaparecimento do bombeiro voluntário.