rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
RFI CONVIDA
rss itunes

“Tungstênio”, HQ premiada na França, vira longa-metragem

Por Patricia Moribe

Há dois anos, o quadrinhista brasileiro Marcello Quintanilha levou um prêmio de melhor álbum de suspense no Festival Internacional de Histórias em Quadrinhos de Angoulême, no sudoeste da França, por “Tungstênio”, que está pronto para ser lançado como longa-metragem.

Enviada especial a Angoulême

“Tungstênio” se passa em Salvador, com quatro personagens principais: um ex-sargento, um traficante, um policial de honestidade duvidosa e a mulher deste último. Marcello Quintanilha trabalhou na adaptação para as telas junto com os roteiristas Marçal Aquino e Fernando Bonassi. O elenco conta com Samira Carvalho, Wesley Guimaraes, Fabrício Boliveira e o veterano José Dumont. A direção ficou a cargo de Heitor Dhalia.

“O filme está pronto, já vi, estou muito ansioso e muito satisfeito”, conta Quintanilha, que conversou com a RFI em Angoulême. “O lançamento deve ser em maio”, acrescenta.

Enquanto isso, em Angoulême, o quadrinhista promove a versão francesa do álbum “O Ateneu”, baseado no livro de Raul Pompéia, que saiu no Brasil pela editora Ática. “Casualmente é um dos meus romances preferidos”, revela.

Balões instigantes

Sobre o ofício que exerce, Quintanilha diz que sempre foi fascinado pelo mundo dos quadrinhos. “Mesmo antes de aprender a ler eu já tentava imaginar que símbolos tão característicos eram aqueles nos balões em cima das cabeças dos personagens. Quadrinhos são uma linguagem, um meio de comunicação”, diz.

O artista começou a publicar aos 16 anos e alguns anos depois conheceu o quadrinhista francês François Boucq, que o encorajou a enviar seu trabalho para editoras na Europa. Em 2003, Quintanilha passou ter seus quadrinhos publicados por uma editora belga e ele se instalou em Barcelona.

Para ouvir a entrevista completa, clique na foto de Marcello Quintanilha.

 

"Vitimização de Lula é estratégia do PT para angariar votos", diz cientista político

Sergio Amadeu: combate à desinformação na rede é importante mas não pode virar censura

“Nosso trabalho é mais valorizado fora do Brasil”, diz Sandra Veloso, do Balé Folclórico de Fortaleza

Ilustradora Suppa e Miguel Falabella criam canal no Youtube para crianças de todas as idades

A carne é um objeto de sedução e excitação, diz Júlio Bressane em Locarno

Calixto Neto dança a “ira” para reinventar “corpos minoritários” no Festival Camping, em Paris

"Rever acordos de paz com as FARC é um risco para novo presidente da Colômbia”, diz historiador

Em Arles, Thyago Nogueira, do IMS, divulga fotografia brasileira contemporânea

Cineasta franco-suíço apresenta filme sobre a busca por entrevista com João Gilberto

Documentário brasileiro “Zaatari” revela força e poesia de refugiados sírios na Jordânia

Crise ameaça renovação da classe científica brasileira, diz Marcelo Viana, organizador do Congresso Internacional de Matemáticos

Revista acadêmica francesa lança número especial sobre crise política no Brasil

"Existe um índio dentro de cada brasileiro", diz Ernesto Neto, em cartaz com a escultura monumental GaiaMotherTree na Suíça

Turistas brasileiros cada vez mais interessados em história da arte em Paris

“Riqueza infinita”: apresentador Gilles Bourgarel promove música brasileira há 14 anos na Françar

“Discussão sobre identidade de gênero no teatro é uma tendência mundial”, diz professora da USP que acompanha o Festival de Avignon

Cineasta Lúcia Verissimo defende a importância da preservação da memória de um país