rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

PSG Neymar Futebol

Publicado em • Modificado em

Técnico do PSG diz que quem manda no time é Neymar

media
"Eu sei quando sou o principal responsável dentro de um grupo e quando não sou", disse Emery sobre o papel de Neymar no PSG REUTERS/Stephane Mahe

Poucas horas antes da volta de Neymar a Paris, o técnico do Paris Saint-Germain deu uma longa entrevista para a imprensa espanhola, na qual fala do papel do brasileiro na equipe. Unai Emery disse que o jogador, que deve desembarcar na capital francesa nesta sexta-feira (4) é o verdadeiro chefe do time parisiense.


Enquanto os franceses especulam sobre o desembarque de Neymar em Paris, as declarações de Emery chamam a atenção da imprensa especializada. O técnico, que anunciou sua saída do time no final da temporada, deu uma longa entrevista à revista online espanhola The Tactical Room, na qual faz um balanço de sua passagem pelo time parisiense.

Ao falar sobre o brasileiro, o Emery explica que com a contratação de Neymar pelo PSG, logo tomou consciência da função que teria no time. “Em cada clube você deve saber o papel que vai ocupar e qual papel o resto da equipe vai te dar. Minha opinião é que no PSG o líder se chama Neymar. Ou, para ser mais exato, o líder será Neymar, pois ele ainda está se tornando aos poucos. Ele veio ao PSG para ser o líder, para viver esse processo necessário a fim de se tornar o número 1 mundial”, declarou o técnico.

Na entrevista, Emery também fala de como viveu esse contexto de exposição mundial do craque. “Eu sei quando sou o principal responsável dentro de um grupo e quando não sou. É um processo que cada técnico deve viver e interiorizar. Algo que você aprende com o tempo e a experiência”, disse o basco na entrevista publicada na quarta-feira (2) e que repercutiu na França no dia seguinte.

Imprensa sabe mais detalhes sobre Neymar que o PSG

Durante uma entrevista coletiva nesta quinta-feira (3) em Paris, Emery não deu informações exatas sobre o retorno de Neymar, mesmo se a imprensa francesa não poupa detalhes sobre a viagem do craque, que se recuperava no Brasil. “Eu tive a informação de que ele chega, mas não sei exatamente quando”, disse o técnico.

Já o jornal L’Equipe afirma que Neymar desembarca no aeroporto Roissy-Charles-de-Gaulle às 7h35 pelo horário de Paris (5h35 GMT) nesta sexta-feira. O diário informa até que o craque estará “na fileira 1B da classe executiva” do voo 443 da Air France, saindo do Rio de Janeiro.

A imprensa francesa também comenta que a volta de Neymar é simbolicamente importante para o PSG, pois o time quer provar que o brasileiro continua engajado na equipe. Principalmente após uma primeira temporada perturbada pela saída temporária do craque, mas também a decepção da eliminação nas oitavas de final da Liga dos Campeões e os desentendimentos entre o brasileiro e Cavani.

Em Paris, Neymar deve continuar seu programa de recuperação após a cirurgia do metatarso do pé direito. Ao desembarcar, ele vai passar testes físicos, sob o controle do médico do PSG Eric Rolland e o brasileiro Rodrigo Lasmar. Mas o craque não deve correr nenhum risco, afirma a agência France Presse. “O atacante quer, acima de tudo, estar em forma para participar com sua seleção da Copa do Mundo na Rússia”, comenta a AFP.