rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
RFI CONVIDA
rss itunes

Mônica Passos organiza concerto “Lula Libre” em Paris

Por Patricia Moribe

Acontece em Paris nesta quarta-feira (11), um concerto de apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, organizado pela cantora, compositora e atriz Mônica Passos, radicada na França há 38 anos. Ela passou pelos estúdios da RFI para falar a respeito.

“A iniciativa foi do comitê de solidariedade a Lula e à democracia no Brasil”, conta a artista. “Lula é um prisioneiro político e estamos esperando que a França, como Portugal, reconheça o estatuto dele como tal”, diz Mônica.

 

Na programação de “Lula Libre”, serão lidos poemas de autores como Louise Michelle, Victoria Paz e Pablo Neruda. “A nossa esquerda maravilhosa da América do Sul e europeia”, diz a cantora referindo-se aos escritores escolhidos. Depois disso, Mônica entra em cena com o show “Tiara – There is a revolucionary alternative”.

 

Várias vertentes no movimento para libertar Lula

Sobre a mobilização pela libertação de Lula, a artista conta que os grupos se articulam “com muita boa vontade”, pois há várias tendências. “Mesmo dentro do PT tem a tendência Rui Falcão e a Valter Pomar. Tem a bolivariana como eu e outra quase de direita, tipo François Hollande”, explica, referindo-se ao ex-presidente socialista que antecedeu Emmanuel Macron. “É muito complicado, as vitórias são lentas e complicadas, mas saborosas”, diz.

“Depois desse evento, vamos também organizar os saraus do Lula”, adianta a cantora. “Queremos fazer uma série de espetáculos para defender a democracia no Brasil”, explica.

Para saber mais sobre o show “Lula Libre” e a carreira de Mônica Passos, clique no vídeo abaixo:

Da extrema-direita à esquerda: populismo tem faces distintas na Europa e na América Latina, diz especialista

“Lula adiou troca e prejudicou campanha de Haddad”, diz analista David Fleischer

"Bolsa Família é grande aliado para quem deseja fazer ajuste fiscal no Brasil", afirma Marcelo Neri

Novo livro de Jean-Paul Delfino traz personagem imortal que viveu no Brasil

“Ataque corrobora ânimo de briga manifestado por Bolsonaro”, diz cientista político da UFMG

Em Perpignan, a fotógrafa brasileira Alice Martins expõe imagens da guerra na Síria

“Atlas do Agronegócio revela a complexa cadeia do setor agroindustrial”, diz coordenadora

"Assegurar preservação do patrimônio é responsabilidade da sociedade", diz presidente do Ibram sobre incêndio no Museu Nacional

“Quero nossa democracia de volta” pede cineasta brasileiro Fellipe Barbosa em Veneza

“Mulheres brasileiras sempre foram vistas como patrimônio do homem”, diz diretora-presidente da ONG Artemis

“Mulheres negras e indígenas representam o feminismo de resistência brasileiro”, afirmam pesquisadoras

Apesar da crise, brasileiros participam de Encontro Mundial das Famílias em Dublin

Instrumentalização política dos migrantes alimentou xenofobia em Roraima, diz professor da UFRR

"Tenho uma parte da história do Brasil nos meus arquivos", conta a fotógrafa Rosa Gauditano

Após turnê internacional, cantora Flávia Coelho volta ao estúdio em Paris para gravar 4° álbum

"Vitimização de Lula é estratégia do PT para angariar votos", diz cientista político

Sergio Amadeu: combate à desinformação na rede é importante mas não pode virar censura