rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Festival MyFrenchFilmFestival.com cinema francês

Publicado em • Modificado em

MyFrenchFilmFestival chega à sua 9ª edição e atrai cada vez mais brasileiros

media
MyFrenchFilmFestival disponibiliza novidades do cinema francês gratuitamente em boa parte do mundo UniFrance

Começa nessa sexta-feira (18) a 9ª edição do MyFrenchFilmFestival. O evento virtual, que se apresenta como vitrine da diversidade de estilos de gêneros da 7ª arte na França, tem conquistado um público cada vez maior, principalmente na América Latina e na China.


Durante um mês, 28 filmes franceses inéditos, entre longas e curtos, poderão ser assistidos no conforto do lar. Como em um festival tradicional, os filmes são recompensados por um júri e há uma premiação no final. A única diferença é que tudo pode ser visto de graça pela internet por espectadores de boa parte do mundo, com exceção da Europa e da América do Norte. Nessas duas regiões, é preciso pagar € 1,99 por filme ou € 7,99 para ter acesso à todas as produções. Já os curtas são disponibilizados gratuitamente no mundo todo.

O principal objetivo da Unifrance, órgão encarregado da exportação do cinema francês pelo mundo e organizador do evento, é poder mostrar as produções no maior número de países possível. E a aposta está dando certo, pois na edição passada foram registradas 12 milhões de visualizações.

Além de propor filmes com legendas em 11 idiomas, o festival disponibiliza a programação em seu próprio site e em outras plataformas, como iTunes ou Amazon, o que multiplica sua visibilidade. Os chineses, por exemplo, são os mais numerosos nas diversas plataformas, representando metade do público. Já no MyFrenchFilmFestival os mexicanos são público principal, seguido dos brasileiros, cada vez mais presentes.

Sucesso antes da banalização do Netflix

Criado muito antes da banalização de plataformas como Netflix, o festival assistiu a transformação do panorama cinematográfico. “É impressionante ver como as coisas mudaram em nove anos”, lembra Isabelle Giordano, diretora da Unifrance. “Quando nós lançamos a proposta desse festival online, isso era muito novo. Em alguns países as pessoas ainda estavam descobrindo essa maneira de ver filmes, em seu próprio computador”, explica.

Em alguns casos, as telinhas já fazem mais sucesso que as telonas. “Nós vimos o público mudando, mas também o mercado do cinema. Alguns filmes, como Willy I, que competiu no MyFrenchFilmFestival em 2018, teve mais visualizações no nosso festival do que em salas de cinemas”, conta Quentin Deleau, diretor do evento.

Entre os destaques este ano estão filmes com Meu Anjo, com Marion Cotillard, ou Maré Negra, com Vincent Cassel. A programação completa está disponível no site www.myfrenchfilmfestival.com