rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
Um pulo em Paris
rss itunes

Aumenta o número de maus-tratos contra idosos na França

Por Silvano Mendes

Um relatório divulgado nesta semana aponta que a França registrou em 2018 um aumento de 13% nos casos de maus-tratos contra os idosos. O estudo é revelado na mesma semana que um cuidador foi preso por agredir uma residente de uma casa de repouso de 98 anos.

Não há estatísticas oficiais sobre o tema, mas, segundo a Federação 3977, uma organização que acolhe denúncias de maus-tratos, 3.556 casos foram registrados em 2018 (400 a mais que em 2017 e mil a mais que em 2016). Segundo o estudo, 73% dos maus-tratos acontecem na própria residência dos idosos e muitas vezes os familiares são os responsáveis.

Os casos mais frequentes são os chamados maus-tratos de ordem psicológica, como ameaças, insultos ou negligência. A violência física representa 16% das denúncias. Mas, segundo a Federação 3977, esse número pode sem bem maior, já que muitos casos não são revelados. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), um em cada dez idosos no mundo seria vítima de maus-tratos.

80% dos idosos franceses vivem em casas de repouso

Mesmo se grande parte dos casos de maus-tratos na França acontecem nas próprias residências das vítimas, a maioria dos idosos do país (80%) vivem em casas de repouso. Eles seriam cerca de 600 mil a procurar essas instituições na velhice, algo habitual na Europa.

A França tem 7.200 entidades que acolhem idosos, a maioria delas públicas. Cerca de 80% dos residentes são mulheres e um terço deles têm mais de 90 anos de idade. Além disso, 80% dos que vivem nessas instituições já perderam boa parte da autonomia, o que exige um número maior de cuidadores e enfermeiros.

Cuidador chutava velhinha de 98 anos

Muitos casos de maus-tratos e até mesmo de violência também são registrados nessas instituições. Nesta sexta-feira (15), um cuidador de 57 anos foi preso na região parisiense após ter sido surpreendido agredindo uma senhora de 98 anos.

O funcionário foi desmascarado pelos familiares da idosa que, desconfiados, haviam instalado câmeras escondidas no quarto da avó. As imagens registradas mostraram o cuidador chutando a velhinha, dando tapas no seu rosto, puxando seus cabelos e a insultando. O homem foi preso imediatamente e será julgado, com risco de pena severa de prisão.

Uber, patinetes e bicicletas de aluguel saem ganhando com greve de transportes públicos em Paris

Campanha contra violência doméstica alcança forte impacto nas vítimas

Crédito imobiliário muito barato causa explosão no preço dos imóveis na França

Um ano após lei contra assédio de rua, França registra apenas 700 queixas

Amazon aumenta taxas de fornecedores para escapar de impostos na França

França ameaça tirar habilitação de motorista que dirigir falando no celular

Secador de cabelo de ouro e jantares de rei: ministro francês nega abusos e permanece no cargo

Hipódromo cria novas atrações e conquista público diversificado em Paris

Festa da Música mostra a grande diversidade de músicos profissionais e amadores franceses

Empresas francesas têm comprado silêncio de mulheres que denunciam casos de assédio

Festival de Cannes questiona limites da arte com filme que beira pornografia

Macron e Zuckerberg afinam projeto de regulamentação das redes sociais

França tenta regulamentar uso de patinetes elétricas para evitar acidentes