rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
Um pulo em Paris
rss itunes

França tem carnaval com carro alegórico, flores e fantasia

Por Adriana Moysés

Carnaval na França não é como no Brasil, mas é uma celebração que acontece todo ano desde os tempos das civilizações antigas da Grécia e Roma. A particularidade é que cada cidade francesa organiza seu carnaval em datas e em escala diferentes. As festas mais famosas do país acontecem em Nice (sul), Dunquerque (norte), Toulouse (sul) e Paris.

O carnaval de rua de Nice começou há duas semanas, dia 16 de fevereiro, e termina neste sábado (2). Foram 15 dias de festa, especialmente animados este ano pelo tempo bom, temperaturas elevadas de até 20 graus, o que levou mais gente às ruas. Não se deve esquecer que a França ainda está no meio do inverno.

O tema escolhido este ano em Nice foi "O Rei do Cinema". A cidade está comemorando o centenário dos estúdios Victorine, a Hollywood da indústria cinematográfica na Riviera Francesa. Filmes que entraram para a história do cinema, de diretores como François Truffaut, Alfred Hitchcock e Woody Allen, foram produzidos no local recentemente restaurado.

Como em carnavais anteriores, a prefeitura de Nice fechou um circuito de ruas no centro da cidade e montou arquibancadas na praça Massena, ao lado do famoso Passeio do Ingleses. O visual fica muito parecido com um sambódromo. Este ano, o ingresso para assistir de perto aos desfiles custou € 26 (R$ 112). A cidade exibiu 17 cortejos de carros alegóricos, embalados por 1.000 músicos e foliões de vários países. À noite, além da música, a prefeitura organizou espetáculos com projeções de imagens e luzes. Para encerrar o Carnaval de Nice, amanhã, os foliões travam uma batalha de pétalas de flores, em vez de confete e serpentina.

Carnaval de Paris no domingo

Paris tem dois carnavais oficiais. Neste domingo (3), acontece o tradicional Desfile do Boi Gordo. O tema escolhido este ano é "Um por todos, todos pelo esporte". Os parisienses devem se fantasiar de atletas, mas devem ser criativos. No convite está escrito que a pessoa pode ir fantasiada de bola, mas deve ser uma ideia para adorno de cabeça, imagino. De qualquer forma, francês gosta de se fantasiar. É comum aqui dar festa de aniversário à fantasia. Existem várias lojas especializadas em Paris.

O desfile da capital está previsto para começar às 14h (horário local) na praça Gambetta, no 20° distrito da cidade. Os foliões vão percorrer um trajeto até a praça da República. Ao contrário de Nice, será um evento popular e gratuito.

Depois, dia 31 de março, Paris promove o Carnaval das Mulheres. Essa festa vem de uma tradição do século 19, quando mulheres que trabalhavam como lavadeiras saíam nas ruas para dançar três semanas antes da Páscoa.

Na França, não se ousa chamar um bloco de "escola de samba", porque isso é um privilégio e uma marca registrada do Brasil. Mas existem muitos grupos de batucada que se reúnem para tocar percussão o ano inteiro.

Além de Nice e Paris, também está acontecendo o carnaval de Dunquerque. O norte da França é conhecido por suas cervejarias artesanais, e os moradores da cidade cultivam a tradição de suportar o céu cinzento e os dias frios do inverno festejando o carnaval.

Festas brasileiras e latinas

Até terça-feira (5), vários carnavais brasileiros estão anunciados no Facebook. Domingo, na Petite Halle de La Villette, em Paris, uma festa brasileira tem como tema o carnaval de Olinda e Recife, com muito frevo, claro, mas também tambores africanos. O ingresso está barato, € 10 euros. Vários grupos vão se alternar no palco: Família Almeida, Batuk Nago, DJ Cucurucho e Groovalizacion DJs.

Os latino-americanos de Paris têm um carnaval programado nesta sexta-feira (2) na sala La Java, com músicos do México, Peru e Venezuela, entre outros.

Uber, patinetes e bicicletas de aluguel saem ganhando com greve de transportes públicos em Paris

Campanha contra violência doméstica alcança forte impacto nas vítimas

Crédito imobiliário muito barato causa explosão no preço dos imóveis na França

Um ano após lei contra assédio de rua, França registra apenas 700 queixas

Amazon aumenta taxas de fornecedores para escapar de impostos na França

França ameaça tirar habilitação de motorista que dirigir falando no celular

Secador de cabelo de ouro e jantares de rei: ministro francês nega abusos e permanece no cargo

Hipódromo cria novas atrações e conquista público diversificado em Paris

Festa da Música mostra a grande diversidade de músicos profissionais e amadores franceses

Empresas francesas têm comprado silêncio de mulheres que denunciam casos de assédio

Festival de Cannes questiona limites da arte com filme que beira pornografia

Macron e Zuckerberg afinam projeto de regulamentação das redes sociais

França tenta regulamentar uso de patinetes elétricas para evitar acidentes