rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
RFI CONVIDA
rss itunes

Christiane Jatahy em Avignon: “Há no Brasil um pensamento ditatorial para calar a diferença”

Por Maria Emilia Alencar

Celebrada na cena teatral europeia, a carioca Christiane Jatahy, que apresenta a partir dessa sexta-feira (5) no Festival de Avignon sua peça “O Agora que Demora”, acredita que tem uma missão no exterior: falar sobre a situação do Brasil atual. Ela aceita como elogio o fato de ser apresentada como “ativista do teatro” e insiste que “quanto mais oportunidades, maior é a responsabilidade do artista”.

Não faltam oportunidades nesse momento para Jatahy se expressar. Primeira e única diretora brasileira a encenar uma peça na reputada Comédie Française em 2017, ela inova o teatro contemporâneo europeu com sua linguagem cênica ao mesmo tempo criativa e engajada. O interesse da crítica especializada é tal, que a grande mídia francesa enviou jornalistas para entrevistá-la em São Paulo antes da estreia europeia de sua peça nesse festival.

Em entrevista exclusiva à RFI em Avignon, ela explica porque o seu “lugar de fala atual” é explicar o que está acontecendo com o povo brasileiro. A diretora faz um paralelo entre a longa viagem de Ulisses a sua Ítaca natal, narrada pela Odisseia de Homero que inspira a sua peça, e o Brasil: “Não acredito que existirá um Ulisses herói que salvará Ítaca. Os Ulisses e as Penélopes somos todos nós em busca de nossos desejos”, diz ela.

Hong Kong: Impacto internacional limita riscos de novo massacre pela China, diz professor

Brasileiro propõe Notre-Dame com cobertura leve em vitrais: “Risco estrutural é real”

“Somos seres humanos como Bolsonaro”, diz índio brasileiro no Festival de Locarno

“Países que praticaram políticas de privatização do ensino nunca chegaram a esse nível”, diz professora da Unirio, que participa do protesto pela educação no Brasil

Após turnê europeia, cantor Dienis retorna ao Brasil com “Lua Cheia”

Filme de brasileira concorre a prêmio no Festival de Locarno tocando em feridas abertas da colonização amazônica

Paulo Artaxo: limitar aquecimento global a 2°C é “praticamente impossível”

Não há risco de epidemia de malária vinda da Venezuela, mas de sarampo sim

Brasil vive "tentativa de imbecilização coletiva”, diz filósofo português

Arles: festival de fotografia mostra trabalho de Pedro Kuperman e indígenas Ashaninka, do Acre

“Aliança militar com EUA é coerente com projeto de submissão do Brasil”, diz pesquisador da UNESP

Ao dar "bolo" em chanceler francês, Bolsonaro mostra que não tem postura de presidente, analisa cientista político

“O sistema judiciário se tornou espaço de disputas políticas”, diz juiz Rubens Casara

Discurso de governo para explorar terras indígenas legitima invasões, alerta organização indigenista

“A sociedade diz todos os dias como uma mulher negra tem que se comportar”, afirma cantora Tássia Reis, em turnê na Europa

Demônios da Garoa se apresenta pela primeira vez na Europa em festival que homenageia São Paulo

“Workaholic”, Balzac tinha a pulsão de retratar a França do século 19, diz pesquisadora

“Foi o jornalismo que me preparou para a música”, diz a cantora Letícia Maura