rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Imprensa ONG Índios Ameaça de extinção Vídeo

Publicado em • Modificado em

Le Parisien: Indígenas isolados da Amazônia ameaçados por Bolsonaro

media
ONG filma tribo amazônica para evitar sua extinção Fotomontagem RFI

O site do jornal Le Parisien reproduz nesta terça-feira (23), um vídeo divulgado na véspera através de um comunicado da ONG Survival International, a respeito de imagens raras dos Awá, no Maranhão. “Uma tribo isolada da floresta, ameaçada pela exploração da Amazônia”, explica Le Parisien.


O vídeo foi filmado por indígenas de um povo vizinho, os Guajajara, que estão protegendo os redutos de floresta restantes onde vivem os Awá. As imagens foram difundidas pela Mídia Índia, coletivo de cineastas indígenas.

Le Parisien retoma o depoimento de Erisvan Guajajara, da Mídia Índia, que diz: “A gente não tinha autorização para gravar, mas a gente sabe da importância de usar essa imagem do Awá porque se a gente não divulgar isso para o mundo eles vão acabar sendo assassinados pelos madeireiros. Há uma necessidade de mostrar que eles existem e que estão correndo risco de vida. Por isso, estamos usando essa imagem pra pedir socorro para que as autoridades possam proteger a vida de nossos parentes, que não querem contato”.

“Só a indignação mundial pode impedir um genocídio”, disse Stephen Cory, diretor da Survival International, citado pelo jornal francês.

O comunicado da Survival International traz uma foto de Kapiru Awá, que viu toda a família massacrada por grileiros, no final da década de 1980. Ele escapou e viveu sozinho por dez anos. Sua história foi relatada no documentário “Serras da Desordem” (prêmios de melhor filme, diretor e fotografia em Gramado, 2006), do cineasta Andréa Tonacci, entrevistado pela RFI Brasil em 2006.

“Os Guajajara, que são cerca de 14 mil no Maranhão, formaram um grupo conhecido como ‘Guardiões’, para defender territórios indígenas ameaçados pela exploração ilegal de madeira e da expansão agrícola”, explica Le Parisien. “Os Guajajara fornecem dados GPS de zonas onde encontram troncos de árvores decepadas e ajudam os bombeiros nos incêndios florestais”, acrescenta.

Por essas ações, os Guardiões enfrentam ameaças de morte e alguns foram assassinados, alerta a Survival International.

A Survival International informa ainda que a cena faz parte do curta-metragem “Ka’a Zar Ukize Wà - Os Donos da Floresta em Perigo”, um grito de socorro para a grave situação dos indígenas isolados Awá, que compartilham a Terra Indígena Arariboia com seus parentes Guajajara. O filme, produzido pela Mídia Índia em colaboração com o Instituto Catitu e outros parceiros, será lançado nesta terça-feira (23) na Unibes Cultural, em São Paulo, como fechamento da Mostra ISA 25 Anos de Cinema Socioambiental.

Bolsonaro contesta direitos indígenas

Le Parisien também expõe a política predatória de Jair Bolsonaro em relação aos indígenas. “Apoiado pelo poderoso lobby do agrobusiness, ele questiona os direitos dos autóctones e defende que os indígenas devem ser integrados à sociedade e não confinados como num zoológico”.

O jornal francês cita ainda o encontro, na última sexta-feira (19), de Bolsonaro com a imprensa estrangeira, em que o presidente acusou grupos internacionais de “querer que os índios continuem em um estado pré-histórico, sem acesso à tecnologia e as maravilhas da modernidade”.

No encontro, Bolsonaro também questionou dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), que denunciou um aumento de 88% do desmatamento no Brasil no último ano.