rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Aeroporto Faca Ataques

Publicado em • Modificado em

Controle falha e homem quase embarca com faca em avião na França

media
Foto ilustrativa do aeroporto de Orly, região metropolitana de Paris. Lionel BONAVENTURE / AFP

Um homem foi detido nesta sexta-feira (16), no fim da tarde, ao tentar entra em um avião com uma faca na bagagem de mão no aeroporto de Orly, região metropolitana de Paris. Ele queria embarcar em um voo para Barcelona.


Uma mulher, que se apresentou como a irmã do homem, foi quem preveniu a polícia, alertando para um possível ataque. Entretanto, a identidade da pessoa que fez a denúncia ainda não pôde ser confirmada.

Uma fonte do aeroporto afirmou, por sua vez, que o suspeito alegou ter tido uma disputa com sua companheira, que seria a verdadeira responsável pela denúncia. O homem já havia passado os controles de segurança quando foi interceptado pelos guardas. De acordo com a AFP, ele não tem histórico criminal. A investigação do caso será feita pela polícia das fronteiras.

Este não foi o primeiro incidente do tipo nesta semana no país. Na segunda-feira (12), uma mulher foi presa levando uma arma carregada em sua bagagem. Ela foi condenada na quarta-feira (14) a oito meses de prisão pelo tribunal correcional de Bobigny, subúrbio parisiense.

Europa sob vigilância

Os ataques com faca são frequentes na Europa. Na noite de Réveillon desse ano, dois homens e uma mulher foram esfaqueados nos arredores da estação ferroviária de Victoria, na cidade de Manchester, norte da Inglaterra. Antes de ser controlado pelos policiais antiterroristas, o suspeito gritou “Alá é Grande” e disse que, “enquanto seguirem bombardeando outros países, estes problemas continuarão ocorrendo”.

Já em Paris, no dia 8 de outubro de 2018, um homem morreu esfaqueado por um ciclista dentro de um ônibus. O crime teria acontecido por causa de uma briga entre os passageiros, que discordaram sobre a entrada da bicicleta no veículo. Dezenas de pessoas também ficaram feridas no dia 20 de agosto de 2018, na Alemanha, após um ataque à faca dentro de um ônibus, na cidade de Lübeck.