rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
Um pulo em Paris
rss itunes

Após semana de bloqueios do centro de Paris, Extinction Rebellion prepara novos protestos

Por Silvano Mendes

O movimento ecologista Extinction Rebellion, que organizou ações em várias cidades do mundo esta semana, também fez protestos na capital francesa. O grupo bloqueou uma das principais ruas do centro de Paris. Pacífica, a manifestação ganhou ares festivos, antes de ser temporariamente desmantelada nesta sexta-feira (11). Mas o grupo já se prepara para novas ações no fim de semana.

Nascido na Grã-Bretanha em outubro de 2018, o Extinction Rebellion (XR) conquistou seguidores em 56 países. Após várias ações isoladas, o grupo lançou na segunda-feira (7) uma maratona de atos globais para denunciar a falta de ação dos governos diante do aquecimento climático.

O epicentro do movimento é em Londres, onde grandes protestos foram realizados durante a semana e cerca de mil pessoas chegaram a ser detidas pela polícia. Mas outras cidades europeias, como Madri, Lisboa e Paris, também tiveram suas manifestações.

Na capital francesa, depois de invadirem um shopping center durante 17 horas durante o fim de semana, os militantes montaram um acampamento na praça do Châtelet, no coração da cidade. Eles também bloquearam em vários momentos da semana a circulação na rua de Rivoli, importante artéria de circulação, que cruza a região central e passa ao lado do museu do Louvre. Lojas foram bloqueadas e lanchonetes de redes de fast food foram alvo de protestos.

Ativistas montaram acampamento na praça do Châtelet, no centro de Paris. RFI/Mike Woods

No entanto, apesar de atrapalhar a circulação na região, toda a mobilização foi pacífica, como primam os organizadores Extinction Rebellion. A tal ponto o protesto de Paris ganhou ares de festa, com manifestantes dançando no meio da praça. Alguns organizadores chegaram a reclamar da calma da ação, pois o que deveria ser um movimento de desobediência civil, mais parecia um festival.

Atos pacíficos, apoiados pela prefeita

A ação teve contou com o apoio da prefeita de Paris. “Eu defendo todas as ações pelo clima que não sejam violentas”, disse Anna Hidalgo. A polícia se manteve por perto, mas não agiu em nenhum momento.

Os organizadores desmontaram o acampamento na noite desta sexta-feira. O objetivo é recuperar forçar para novas ações neste fim de semana.

França aprova teste com maconha medicinal em estudo com 3.000 pacientes

Militantes são multadas por colarem cartazes contra feminicídio em Paris

Defesa do clima une ambientalistas, estudantes e coletes amarelos em manifestações em Paris

Uber, patinetes e bicicletas de aluguel saem ganhando com greve de transportes públicos em Paris

Campanha contra violência doméstica alcança forte impacto nas vítimas

Crédito imobiliário muito barato causa explosão no preço dos imóveis na França

Um ano após lei contra assédio de rua, França registra apenas 700 queixas

Amazon aumenta taxas de fornecedores para escapar de impostos na França

França ameaça tirar habilitação de motorista que dirigir falando no celular

Secador de cabelo de ouro e jantares de rei: ministro francês nega abusos e permanece no cargo

Hipódromo cria novas atrações e conquista público diversificado em Paris

Festa da Música mostra a grande diversidade de músicos profissionais e amadores franceses