rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Farc Greta Thunberg Cultura Asterix História em Quadrinhos

Publicado em • Modificado em

Nova edição de Asterix tem heroína adolescente rebelde que lembra Greta Thunberg

media
Adrenalina, a nova heroína dos gauleses, parece ter sido inspirada em Greta Thunberg. Reprodução

O último Asterix, "A filha de Vercingétorix", chegou às livrarias em 24 de outubro com uma circulação mundial de cinco milhões de cópias. Sempre atual, a heroína do 38º álbum das histórias de Asterix e Obelix é uma jovem reivindicativa que lembra a ativista sueca Greta Thunberg. Outro aspecto que transcendeu a história em quadrinhos é a existência, na história, de um grupo de resistência clandestino batizado de... FARC.


O último capítulo das aventuras dos gauleses mais famosos do mundo, o 38º da série, chegou às livrarias do planeta nesta quinta-feira (24), sob o título A filha de Vercingétorix, o famoso chefe gaulês, celebradíssimo na França.

Desta vez, a protagonista é Adrenalina, uma jovem rebelde ruiva com uma trança que lembra a ambientalista militante Greta Thunberg. Mas é pura coincidência, de acordo com o cartunista Didier Conrad, entrevistado pela RFI: "É uma mera coincidência, porque eu nunca tinha ouvido falar dela antes de vê-la nas Nações Unidas. Mas, na verdade, ela se parece com ela e, mesmo em seu comportamento, parece zangada “da mesma maneira".

Didier Conrad diz que foi inspirado por sua própria filha para a personagem e queria colocá-la em cena porque, exceto Zaza (no álbum O Presente de César), não havia adolescentes em Asterix. "Essa pista foi interessante porque nos permitiu dar uma nova olhada na cidade e sua organização, os adolescentes são um pouco rebeldes", disse o roteirista Jean-Yves Ferri à RFI.

A ação do novo álbum se passa alguns anos após a derrota de Alésia. Uma rede secreta de Avernos, agrupada no seio das FARC (“Frente Averno de Resistência Secreta”), continua sua eterna luta contra os romanos.

Até De Gaulle entrou na brincadeira

Esses "resistentes" cuidam da filha do chefe e de um colar honorário que ela recebeu como herança de seu ilustre pai. Dois enviados das FARC, Monolitix e Ipocalorix (que lembram o general Charles de Gaulle e Churchill), dão refúgio a Adrenalina na cidade de Asterix e Obélix... Mas um personagem enviado por César executará um plano maligno para atacá-la.

Com uma circulação de 5 milhões de cópias (das quais 2 milhões na França), o álbum é publicado simultaneamente em 15 idiomas e em cerca de 30 países.