rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
RFI CONVIDA
rss itunes

Helen Pomposelli: cristais são como "portais de energia" para o corpo

Por Maria Paula Carvalho

Nos últimos anos, a jornalista, escritora, consultora de imagem e terapeuta holística Helen Pomposelli tem se dedicado ao estudo do autoconhecimento, com práticas xamânicas e o uso de cristais. A RFI conversou com ela na capital francesa, onde a artista participou da exposição coletiva Meu Brasil.

Helen Pomposelli trouxe a performance intitulada Recharge para a galeria Cloître des Billettes. A apresentação faz parte da mostra realizada com curadoria do fotógrafo Ricardo Esteves e Anna Priscila Marques, em cartaz na capital francesa até o dia 29 de outubro.

Recharge foi inspirada nas práticas xamânicas vivenciadas pela artista e que hoje a auxiliam em seus trabalhos terapêuticos com cristais para a meditação e para entrar em frequência com a natureza.

“Eu sempre tive curiosidade a tudo relacionado à natureza. Eu estudei as ervas, as mudanças lunares. E o xamanismo é um estilo de vida em que você tem uma ligação profunda com a natureza, que combina com a minha linha de pensamento e de expressão artística, que sempre foi ligada à natureza ou ao ser humano, no caso às mulheres”, explica Helen Pomposelli.

Figurinista de programas de televisão e personal stylist, ela enxergou nas terapias holísticas uma oportunidade para fazer com que muitas mulheres "entrassem em contato com a própria essência".

“A palavra-chave é autoconhecimento”, resume. “Como produtora de moda, eu tive um programa no GNT chamado Vamos combinar, ou seja, eu ia à casa das pessoas, abria o armário e falava como elas tinham que se produzir. Eu comecei a perceber que muitas ficavam apenas nas camadas externas, sem compreender o que elas realmente gostariam de ser”, completa.

Helen  trabalhou com uma xamã do Rio de Janeiro, Angela Fuzaro, que lhe transmitiu os conhecimentos sobre a terapia holística. "Eu estudei alinhamento energético, que é uma prática xamânica, onde eu leio o campo energético e faço a limpeza e a conexão com o que você é e o que você quer. Passei a colocar as pedras também, e percebi que as mulheres passavam a se conhecer melhor e a se vestir melhor“, conta.

O poder dos cristais

Segundo a artista, os cristais funcionam como portais de acesso ao mundo da energia. “Os cristais são seres como nós mesmos. Tudo o que tem no cristal, todos os elementos químicos, nós temos no nosso corpo. E os cristais não foram feitos por homens, mas diretamente pela natureza", explica. "Então, quando você os usa, você está tendo essa conexão direta com o seu próprio eu e com essas energias”, ensina.

Helen Pomposelli também é produtora de um vídeo em que ela aparece sendo imersa por cristais no meio da Mata Atlântica. A proposta é despertar no público a percepção e a conexão com a energia desses materiais em busca de harmonização e sintonia.

“Nas meditações, você pode imaginar como se você estivesse dentro de um cristal e pedir essa energia para você, e ir se desbloqueando, se energizando, se conectando”, afirma.

Museu Internacional da Mulher será inaugurado em Portugal com curadora brasileira

Comitiva de indígenas brasileiros na Europa reforça campanha contra acordo UE-Mercosul

Claudia Jaguaribe lança livros de fotografia sobre mulheres e meio ambiente em Paris

“Atualidade política e social do Brasil me inspirou”, diz Flávia Coelho sobre disco DNA

“Leiam escritores brasileiros vivos!”, pede Fred Di Giacomo, finalista do Prêmio SP de Literatura

Mestre da Arte Óptica, Marcos Marin expõe em Paris obras de Neymar e Santos Dumont

Curador expõe fotógrafos brasileiros da nova coleção da Biblioteca Nacional da França em "Terra Brasilis"

Palcos europeus recebem pela primeira vez a música-poesia de Arthur Nogueira

Revelação do violão brasileiro, João Camarero leva sofisticação do choro a plateias europeias

Do interior do Amazonas a digital influencer premiada em Mônaco: a história de Cacau Sitruk

Duo franco-brasileiro lança disco que mistura “Trem das Onze” e Erik Satie

“Meu trabalho é pela pacificação”, diz pintora brasileira que expõe em Paris

Luiza Brunet diz que “toda mulher é feminista”: “apanhar aos 50 foi gota d’água”

Feira de Frankfurt: “Brasil é o país das impossibilidades”, diz Luiz Ruffato

“Se não tomarmos cuidado, fotografo um mundo em extinção”, diz Sebastião Salgado em Frankfurt

Barbara Paz: Documentário premiado em Veneza é seu “filho-filme” com Babenco

Conferência Internacional [SSEX BBOX] em Paris tem Jean Wyllys e Lea T na programação