rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
Saúde
rss itunes

Cientistas franceses rejuvenescem células de pessoas de 100 anos

Por Ana Carolina Peliz

Uma equipe de pesquisadores do Centro Nacional de Pesquisa Científica da França (CNRS) e do Instituto da Saúde e da Pesquisa Médica (Inserm), dirigida por Jean Marc Lemaitre, da Universidade de Montpellier, conseguiu rejuvenescer células de doadores com mais de 100 anos e provar que o envelhecimento celular pode ser reversível. Reprogramadas in vitro, as células dos doadores encontraram sua juventude e as características de células tronco embrionárias. Outros trabalhos desse tipo já tinham sido desenvolvidos, mas esta é a primeira vez que se consegue este resultado com células de pessoas de idade tão avançada, como nos explica Jean Marc Lemaitre, diretor da pesquisa. Mas segundo o geneticista especialista em envelhecimento celular e dos organismos, da Escola Nacional Superior de Lyon e do Centro Nacional de Pesquisa Científica da França, Hugo Aguilaniu, ainda é muito cedo para sonhar com a eterna juventude.

Experiências traumáticas em hospitais levam francesas a optar pelo parto humanizado em casa

Relatório americano inédito prova que ondas de celulares causam câncer em ratos

Europa vive epidemia de febre do Nilo Ocidental; vírus já chegou no Brasil

Vacina contra o HPV, que causa câncer do colo útero, é aprovada para mulheres até 45 anos

França: impacto das ferramentas digitais no cérebro desafia pesquisadores

Terapia inédita com robô na França ajuda jovens autistas a descobrirem o mundo

Perturbadores endócrinos afetam inteligência antes do nascimento, diz cientista

Infarto mata mais mulheres do que câncer de mama e uma das razões é o machismo

França: campanha com fotos sensuais divulga tratamento para evitar contaminação do HIV

Próteses "de luxo" customizadas ajudam pacientes com deficiência a viverem melhor

Jornada da Doença Celíaca na França alerta sobre intolerância grave ao glúten

Vinho: patrimônio cultural francês ou porta de entrada para o alcoolismo?