rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Dilma Rousseff Brasil Ditadura Imprensa França

Publicado em • Modificado em

Le Figaro diz que Dilma foi a "Joana d'Arc da subversão"

media
Foto da presidenta Dilma Rousseff em 1970 repercute artigo no jornal francês Le Figaro. RFI

O jornal Le Figaro publica em sua edição de hoje a foto recém-divulgada na imprensa brasileira da presidente Dilma Rousseff no tribunal militar do Rio de Janeiro, quando ela tinha 22 anos e desafiava a ditadura. O diário conservador conta toda a história da militância de Dilma e elogia a coragem inabalável da presidente brasileira.


A correspondente do Le Figaro no Brasil, Lamia Oualalou, começa o artigo dizendo que na foto Dilma aparece magra, jovem, bonita, "quase irreconhecível". Conta que quando ela compareceu diante de seus torturadores, ela não desviou o olhar nem abaixou a cabeça, como fizeram outros prisioneiros políticos. Ao contrário, Dilma demonstrou uma inflexibilidade que a acompanha até hoje.

Le Figaro apresenta a presidente brasileira como a Joana d'Arc da subversão. O diário informa que Dilma decidiu enfrentar os brasileiros que ainda se referem a ela como uma "terrorista ou comunista", criando uma comissão para investigar, pela primeira vez, as violações aos direitos humanos durante o regime militar.

A história de Dilma publicada pelo Le Figaro se tornou a crônica do dia na Rádio France Info, a terceira emissora de informação de maior audiência no país.