rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
Linha Direta
rss itunes

Economia e escândalo dominam primeira coletiva de Obama

Por Silvano Mendes

Em sua primeira coletiva de imprensa como presidente reeleito dos Estados Unidos, Barack Obama falou principalmente sobre seus planos de reestruturação da economia. O chefe de Estado se recusou a estender as reduções de impostos aos americanos que ganham mais de US$ 250 mil ao ano para evitar tocar no bolso da classe média e disse esperar uma cooperação forte da oposição para evitar um "abismo fiscal". O presidente também não conseguiu escapar do tabu do momento: a queda do diretor da CIA, David Petraeus, envolvido em um escândalo sexual. Ponderado, Obama disse não ter dados suficientes para condenar seu antigo funcionário e minimizou o atraso do FBI em notificar a Casa Branca e o Congresso. O Linha Direta conversou com a correspondente da RFI em Washington, Raquel Krähenbühl, que acompanhou a coletiva.

Protestos contra padre acusado de abuso sexual marcam visita do Papa aos países bálticos

Destituição do chefe da agência de inteligência alemã abala governo Merkel

70° Emmy é marcado por pedido de casamento e premiação de “The Marvelous Mrs. Maisel”

Hong Kong se recupera da passagem do tufão Mangkhut, o mais forte que já atingiu o território

Em Berlim, congresso sobre violência sexual destaca casos na Igreja Católica

25 anos depois, Acordos de Oslo entre Israel e Palestina parecem cada vez mais distantes

Primárias em Nova York podem concretizar "ano da mulher" do Partido Democrata

Ameaças de sanções contra o Tribunal Penal Internacional reforçam opção isolacionista dos EUA

Suécia: eleições devem confirmar avanço de partido da extrema-direita e anti-imigração

Devido ao Brexit, Reino Unido perde apoio dos países europeus no caso Skripal

Acusado de apoiar terrorismo, Catar pode virar ilha e ficar totalmente isolado

Aufstehen, movimento de esquerda e anti-imigração, é lançado na Alemanha

Ministro italiano pode ser afastado do cargo por bloquear migrantes na Sicília

Papa tenta na Irlanda conquistar católicos afastados por escândalos de pedofilia