rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Adoção Brasil França Imprensa Novelas

Publicado em • Modificado em

História de jovem que inspirou novela Salve Jorge é destaque no Le Monde

media
Le Monde lembra que bebês brasileiros podiam ser vendidos por 7 mil dólares nos anos 1980. Flickr

O jornal Le Monde que chegou às bancas na tarde dessa segunda-feira traz reportagem de página inteira sobre a história de uma jovem, nascida no Brasil e adotada por uma família de franceses, que teria sido vítima de tráfico humano. O drama, ocorrido no início dos anos 1980, foi uma das fontes de inspiração para a novela da TV Globo Salve Jorge, de Glória Perez.


O correspondente do jornal Le Monde se encontrou com a jovem, que usa o nome fictício de Kharla, e vive atualmente entre o Brasil e a França. Adotada por um casal de franceses em 1981, ela descobriu, já adulta, que teria sido vítima de uma rede de tráfico de pessoas. Com o título “Mil francos um bebê”, a reportagem conta a trajetória da moça em busca de suas raízes desde Montpellier, no sul da França, até Curitiba, no Paraná, onde teria nascido. Segundo o texto, a cidade teria sido, entre os anos 1980 e 1990, “o epicentro de uma vasta rede de tráfico de crianças”.

Kharla, que já se encontrou no Brasil a pessoa responsável pela negociação com seus pais adotivos, procura desde então sua mãe biológica. Ela espera com isso denunciar a situação de crianças adotadas ilegalmente. Ajudada por advogados, orfanatos e médicos, ela conseguiu descobrir alguns indícios para explicar sua história, mas por enquanto não tem nenhuma informação concreta. A única coisa que sabe é que, recém-nascida, foi levada de carro até São Paulo, onde foi entregue ao casal, que a registrou em um cartório brasileiro. “Mas enquanto eu não encontrar minha mãe, tudo isso deve ser visto com precaução”, disse a moça.

Mesmo assim, o vespertino lembra, baseado em números de um relatório feito pelo Polícia Federal em 1992, que cerca de 3 mil bebês brasileiros teriam sido enviados ilegalmente para países como Estados Unidos, Canadá, Alemanha, França e Itália até 1986. Na época, os recém-nascidos eram negociados entre 7 e 10 mil dólares, ressalta o jornal. 

A história de Kharla interessou a autora de novelas Glória Perez, que se encontrou com a jovem. A conversa entre as duas inspirou a criação de uma das personagens da novela Salve Jorge, “o sucesso do momento”, segundo Le Monde