rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Alemanha Barcelona Espanha Maria Sharapova Rafael Nadal Ténis

Publicado em • Modificado em

Nadal e Sharapova têm dia vitorioso e vencem torneio

media
O tenista espanhol Rafael Nadal levanta o troféu do torneio do Conde Godo, em Barcelona, neste domingo, dia 28 de abril. REUTERS/Albert Gea

Hoje foi um grande dia para os grandes tenistas: dia de conquista de torneio para o espanhol Rafael Nadal e a russa Maria Sharapova. Nadal, que é o 5° melhor tenista no ranking da ATP conquistou hoje, pela terceira vez consecutiva e pela oitava nos últimos nove anos, o Torneio de Conde Godo, em Barcelona. Já a russa Maria Sharapova, número dois do ranking mundial, venceu o torneio WTA de Stuttgart, na Alemanha, batendo a chinesa Li Na neste domingo por dois sets, 6-4 e 6-3.


Debaixo de chuva, Rafael Nadal bateu so também espanhol Nicolas Almagro em dois sets, 6-4 e 6-3, em uma hora e trinta minutos. Essa foi a décima vez em dez partidas que Nadal venceu seu compatriota.

Nadal não perde uma partida no Conde Godo desde 2003, quando foi batido pelo espanhol Alex Corretja. Depois disso, somou 39 vitórias consecutivas, embora tenha falhado nas edições de 2004 e 2010.

Esse foi o quarto torneio do tenista espanhol neste ano e o 54° de sua carreira. Na semana passada, ele perdeu o torneio do Masters 1000 de Monte Carlo, quando foi derrotado pelo número um do ranking mundial, o sérvio Novak Djokovic.

WTA de Sttugart

A russa Maria Sharapova, número dois do ranking mundial, venceu o torneio WTA de Stuttgart, na Alemanha, batendo a chinesa Li Na neste domingo por dois sets, 6-4 e 6-3

Em entrevista, ela admitiu que sabia que essa partida seria a mais difícil do torneio. Este troféu é o 29° de sua carreira. Contrariamente às três últimas partidas disputadas, quando ela teve que enfrentar o total de sete horas e meia de quadra, hoje a tenista de 28 anos só precisou de 1 hora e 33 minutos para derrotar a adversária chinesa.

Apesar do título, a distância de Sharapova para Serena Williams, que é líder do ranking da WTA, permanece intacta. Afinal, a russa entrou na quadra alemã apenas para defender seus pontos, já que havia conquistado o título do torneio no ano passado.

O próximo desafio dela será Roland Garros, no final de maio. A expectativa é grande para saber se a russa também conseguirá defender o título que venceu pela primeira vez no ano passado na França.