rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
Reportagem
rss itunes

Relógio inteligente é destaque de feira de tecnologia alemã

Por Patricia Moribe

Acontece em Berlim a IFA 2013, a maior feira de tecnologia da Europa. Depois dos celulares e tablets, agora é a vez dos chamados “smart watches”, os relógios inteligentes, abrindo um novo campo de batalha entre os fabricantes. Os óculos interativos, como o que a Google vem testando, é outro tema que deve ser destaque. Ou seja, a ultra mobilidade é a tendência.

Acompanhando a fome mundial pela tecnologia, a IFA cresceu em tamanho, 2% a mais de área, com agora 145 mil metros quadrados. Por estar perto do final do ano, é uma vitrine privilegiada para as vendas de Natal.

A gigante sul-coreana Samsung vai mostrar na IFA o seu modelo de smart watch, o Galaxy Gear. A concorrência é pesada, com outras companhias como Sony, Motorola e LG na fila de lançamentos.

Gabriel Tonobohn, editor chefe do site Tudocelular, explica que o smart watch vai ser mais um complemento para outros aparelhos, como o celular, avisando sobre mensagens recebidas ou chamadas perdidas, além de ser um instrumento de muita utilidade para os esportistas, pois vai estar sempre ligado ao corpo do usuário.

Na ala dos celulares, tela maior e hardware mais poderoso é a tônica. A Samsung deve apresentar o Galaxy Note 3, maior que a versão anterior, lançamento que vai bater de frente com o aguardado Xperia Z1, da Sony.

Os grandes fabricantes também aproveitam a IFA para divulgar produtos mais domésticos, como novos modelos de TV de alta definição, refrigeradores, máquinas de café e sofisticados fogões com bocas de cerâmica.

A IFA 2013, em Berlim, abre nesta quarta-feira para profissionais. O público terá acesso ao evento de 6 a 11 de setembro.
 

Situação dos EUA gera avanços na COP 22, diz brasileira do Greenpeace

Franceses e brasileiros começam o ano em Paris sonhando com paz e trabalho

Retrospectiva: 2015 foi marcado pelo terrorismo e pela crise migratória

Manifestantes contra a COP 21 criticam proibição de realizar protestos

“Espero que o Brasil reveja sua posição sobre a Venezuela”, diz Mauricio Macri

França dará "resposta forte" aos atentados de Paris, afirma especialista

Relação entre armas legais e criminalidade não é consenso entre pesquisadores

Sucesso da COP21 depende de China aceitar revisão de metas de emissões

Fórum oferece estágios para bolsistas do Ciência sem Fronteiras na França

Candidatos à presidência da Argentina querem melhorar relação com o Brasil