rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
Linha Direta
rss itunes

Ilhas Senkaku continuam sendo alvo de disputa entre Japão e China

Por Leticia Constant

A nacionalização das ilhas Senkaku, um pequeno arquipélago no Pacífico disputado pelo Japão e pela China, está completando um ano esta semana. A data deixou os dois lados em estado de alerta.

A correspondente em Tóquio, Claudia Sarmento, explica que o aniversário da nacionalização elevou a tensão na região; os japoneses reforçaram a vigilância em torno das ilhas e disseram que estão prontos para defender o território, que pertence oficialmente ao Japão mas é reivindicado pela China.

Claudia explica que Pequim também mantém navios na área e já entrou várias vezes em águas territoriais japonesas.

Nesta quinta-feira, o destaque em todos os jornais nipônicos é uma declaração do Departamento de Estado americano. O vice-secretário, William Burns, reafirmou o apoio dos Estados Unidos ao Japão na questão das Ilhas Senkaku. Washington e Tóquio têm um pacto de segurança muito claro: se os japoneses forem atacados, os militares americanos estacionados no Pacífico devem defendê-los. Essa declaração do Departamento de Estado fortalece o primeiro-ministro Shinzo Abe.

 

 

 

Mercosul discute reformas internas para enfrentar concorrência europeia

Patrimônio da Unesco, Festival Naadam festeja séculos de tradição nômade na Mongólia

Campanha eleitoral começa na Argentina com Brasil e EUA reforçando apoio a Macri

Após aprovação de texto-base, deputados votam destaques que podem mudar reforma da Previdência

Para evitar gravidez precoce, projeto investe em visita de jovens jogadoras brasileiras à Holanda

Favorito, Johnson enfrenta Hunt em 1° debate na TV entre candidatos a premiê no Reino Unido

Terremotos na Califórnia reavivam medo de "Big One", tremor com consequências trágicas

ONGs aplaudem relatório da ONU sobre Direitos Humanos na Venezuela e pedem justiça

Mais de 1,4 milhão de refugiados vão precisar de reassentamento até 2020, diz agência da ONU

Central sindical argentina classifica acordo UE-Mercosul como “industricídio”

Prisão da capitã do navio "Sea-Watch 3" divide opinião pública da Itália

Com recusa de Salvini, navio humanitário Sea-Watch volta a águas internacionais

Foto de pai e filha mortos ressalta drama humano no debate sobre a imigração nos EUA

Novas sanções dos EUA ao Irã devem secar entrada de dinheiro no país

Sucesso eleitoral da extrema direita colabora com clima de terror na Alemanha

Brasil apoia candidato chinês para substituir Graziano na liderança da FAO

Michelle Bachelet se encontra com Maduro e Guaidó durante visita à Venezuela

Boris Johnson é favorito em nova votação para definir sucessor de Theresa May