rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
RFI CONVIDA
rss itunes

Para Eryk Rocha, movimento do Cinema Novo será sempre atual

Por Leticia Constant

O cineasta brasileiro Eryk Rocha arrancou longos aplausos da plateia nesta segunda-feira (16) ao exibir seu filme-ensaio Cinema Novo na seção Cannes Classics.

Ele compete na mostra O Olho de Ouro que compila todos os documentários do festival. Antes da projeção, ao apresentar o filme ao público, ele se emocionou ao falar do Brasil e chegou a mencionar a ditadura, assumindo que o contexto atual o preocupa demais. “Houve uma interrupção democrática”, ele disse.

Sobre o documentário, Eryk quis mostrar a importância desse momento do cinema brasileiro, focando principalmente os anos 60 e utilizando a estética do Cinema Novo, com imagens rápidas, intercaladas, fortemente impactantes. Em paralelo, cenas inéditas revelam a intimidade e a amizade existente entre o grupo de cineastas formado por seu pai, Glauber Rocha, Nelson Pereira dos Santos, Joaquim Pedro de Andrade, Leon Hirszman, Paulo Cesar Saraceni, Carlos Diegues, Ruy Guerra, Luiz Carlos Barreto, Roberto Santos, Rogério Sganzerla.

O documentário Cinema Novo, que vai ser lançado no Brasil em novembro, levou 9 meses para ficar pronto, “o tempo de uma gestação”, brinca Eryk, um trabalho de titã em que foram selecionadas milhares de cenas de arquivos pessoais e de instituições audiovisuais da França, Itália e Brasil.

 

 

Luiz Loures, da Unaids: “Jovens pensam que epidemia da Aids é coisa do passado”

"Hercule Florence foi um inventor isolado da fotografia": Boris Kossoy, historiador

Diretor português Tiago Rodrigues conquista Festival de Avignon com a peça “Sopro”

“Deveria haver um ‘Plano B’ sem Lula”, diz cientista político em Berlim

"As pessoas criam sua própria tela dentro da minha tela":Isabelle Ribot, pintora

"A autoria negra existe e não é de hoje": Conceição Evaristo, escritora

“Meu trabalho é político, eu venho do Terceiro Mundo”, diz Marcelo Evelin

“Meu trabalho dialoga com o espaço”: Edith Derdyk, artista plástica

"Brasil vive processo de desconstrução da classe política corrupta", diz professor da King's College

“Maioria dos filmes nacionais sequer chega ao conhecimento do público”, alerta o crítico Sérgio Rizzo