rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
RFI CONVIDA
rss itunes

Zuco 103 promove a diferença musical com sotaque brasileiro na Holanda

Por Silvano Mendes

Há quase 20 anos Zuco 103 sacode os holandeses com seu estilo musical que mistura ritmos do mundo todo, mas com sotaque brasileiro. O trio está atualmente em turnê pela França, divulgando o disco Etno Chic.

A mestiçagem do Zuco 103 já começa com sua formação, entre a vocalista brasileira Lilian Vieira, o baterista alemão Stefan Kruger e o pianista holandês Alex Oele. E as origens de seus membros, que poderia representar uma dissonância, acabou se tornando a força do trio. “A essência do Zuco é a diferença entre nós”, conta a cantora em entrevista à RFI.

“A Holanda é uma país muito pequeno, mas com uma variação enorme de nacionalidades e de estilos”, lembra Lilian, que vê na curiosidade pelo outro um de seus motores. “Stefan é um baterista de jazz, que me apresentou Alex, um pianista louco por música eletrônica. Queríamos tanto conhecer a base (musical) de cada um que, cada vez que eles me mostravam algo novo, eu aceitava fazer só porque achava muito estranho”, comenta, com humor, a cantora.

O resultado dessa diversidade é mais uma vez presente no Etno Chic, que o trio apresenta esta semana em Paris, antes de seguir para Lyon. Com canções praticamente opostas, como a romântica “O amor e o medo”, ou “Laundry Slave”, uma espécie de manifesto de uma lavadeira do Rio de Janeiro com batidas quase tribais, Zuco 103 contagia o público por onde passa, sempre cantando em português.

“Nosso trabalho é muito bem recebido", apesar da questão do idioma, comenta a vocalista. “Eu sempre tento explicar o que diz a música mas, na verdade, eles estão mais a fim de dançar”.

Ouça a entrevista completa clicando na foto acima ou assista o vídeo. 

Incêndios e barricadas substituíram greves como forma de protesto na França, diz especialista

Representante dos delegados da Polícia Federal diz ser contra banalização das armas no Brasil

Lia Rodrigues volta à Paris com “Fúria”, coreografia com moradores da favela da Maré

Militares nomeados por Bolsonaro são mais moderados do que ministros, diz Leonardo Sakamoto

“Comunidade internacional espera responsabilidade ambiental do Brasil”, diz especialista

“Muita gente procurava uma confeitaria menos doce”, diz chef francês radicado em Brasília

Paris recebe Bazar de Natal com artesanato de mulheres de favelas cariocas

Fotógrafo brasileiro lembra 30 anos da morte de Chico Mendes com exposição em Paris

Músicos Francis e Olivia Hime homenageiam Vinicius de Moraes na França

“Ser estrangeiro me fez escritor”, diz Natan Barreto, que lança livro de poesias em Paris

“Discurso de Bolsonaro legitima ‘direito de matar’”, afirma professora da Universidade de Brasília

Ex-ambulante brasileiro fala para 400 estudantes na Europa: “Seja parte da solução, não do problema”

“Romances em quadrinhos estão em momento especial”, diz ilustradora Luli Penna

“Sociedade civil é quem vai mudar o Brasil”, diz empresária Luiza Trajano em Paris

“É preciso regulação para que investigações sobre fake news não demorem anos”, diz especialista

"O problema do brasileiro é se conformar que Bolsonaro está eleito", diz Delfim Netto

Fotógrafa francesa Charlotte Dafol expõe em Paris imagens de ocupações brasileiras