rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Costa Allegra Costa Concordia Costa Cruzeiros Incêndio Navio

Publicado em • Modificado em

Costa Allegra deve chegar em terra firme somente na quinta-feira

media
O navio Costa Allegra é rebocado por um pesqueiro francês no Oceatno Índico. REUTERS/Reunion Island Prefecture/Talenduic/FAZSOI/Handout

A chegada do navio Costa Allegra à principal ilha de Seicheles, no Oceano Índico, está prevista para a manhã desta quinta-feira, segundo autoridades locais. O navio da Costa Cruzeiros, que foi vítima de um incêndio que danificou o motor e o sistema de eletricidade, está sendo rebocado por um barco pesqueiro francês.


Os 636 passageirose os 413 membros da tripulação vão desembarcar em Mahé, principal ilha de Seicheles, e não em Desroches, como era previsto anteriormente. A mudança de destino, segundo a empresa responsável Costa Cruzeiros, se deve às condições insuficientes de hospedagem na ilha Desroches e às condições de segurança desfavoráveis.

A companhia informa ainda que um helicóptero acompanha o deslocamento do navio e fornece alimentos, tochas elétricas e outros produtos de primeira necessidade.

O diretor de operações marítimas da Costa Cruzeiros, o comandante Giorgio Moretti, disse na noite desta segunda-feira que as hélices do navio continuavam imobilizadas. Além disso, o sistema de ventilação no interior da embarcação não funciona e a cozinha se mantém fechada.

Famílias de passageiros e de membros da tripulação afirmaram à agência de notícias italiana Ansa que já foram contactadas pela empresa, mas não puderam falar diretamente com seus parentes.

O incêndio atingiu o navio na manhã de segunda-feira. A empresa informa que não há mortos nem feridos a bordo.