rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

China Yuan Dólar Moedas Banco central

Publicado em • Modificado em

Após desvalorização que abalou o mercado, China aumenta o valor do yuan

media
Banco Central da China aumentou a cotação do iuane em relação ao dólar REUTERS/China Daily

O Banco Central da China aumentou nesta segunda-feira (17) em 0,01% a cotação do yuan frente ao dólar, depois de desvalorizar sua moeda por três dias consecutivos na semana passada, o que abalou o mercado internacional.


A taxa estabelecida pelo BC da China para a cotação do yuan frente ao dólar subiu a 6,3969 iuanes por dólar, contra 6,3975 iuanes na sexta-feira (14), segundo o China Foreign Exchange Trade System.

A China mantém um controle rígido sobre a flutuação da moeda, permitindo uma faixa diária de 2% em relação ao preço do início da sessão.

Promessa de manter a moeda estável

A leve valorização da divisa chinesa acontece alguns dias depois de o Banco Central do país tranquilizar os mercados financeiros com a promessa de manter a moeda estável, depois da inesperada desvalorização de quase 2% na terça-feira passada.

As três depreciações consecutivas provocaram perdas nos mercados financeiros mundiais e geraram preocupações sobre a segunda principal economia mundial.

Pequim afirmou que as medidas eram o resultado da mudança para um novo método de cálculo da taxa de referência diária doyuan, para aproximar a moeda de seu preço de mercado.