rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Esporte Terrorismo Interpol

Publicado em • Modificado em

Ameaça terrorista é cada vez mais presente nos eventos esportivos, alerta Interpol

media
Secretário geral da Interpol, Jurgen Stock, durante conferência em Doha. www.interpol.int

Secretário geral da Interpol, Jurgen Stock advertiu em evento realizado em Doha, nesta terça-feira (7), que o terrorismo e a segurança cibernética são ameaças crescentes para os grandes eventos esportivos.


"Infelizmente estas ameaças estão crescendo", disse Stock aos jornalistas. "Estão se internacionalizando e são cada vez mais complexas, o que requer mais do que nunca o reforço da cooperação entre diferentes agências", acrescentou.

As declarações foram feitas em discurso durante uma conferência sobre segurança na capital do Catar, país que vai sediar a Copa do Mundo de 2022. Stock lembrou que a violência dos hooligans também faz parte do espectro das ameaças nos grandes eventos esportivos.

O chefe da Interpol citou como exemplo os problemas com torcedores organizados na última Eurocopa-2016, na França. Stock também lembrou os ataques cibernéticos contra os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro e o risco de ataques terroristas durante a próxima Copa do Mundo da Rússia-2018.

Na mesma conferência sobre segurança, também tomou parte Hassan al-Thawadi, secretário geral do Catar-2022. O dirigente garantiu que o Mundial realizado pelo emirado não terá problemas. "Somos orgulhosos de dizer que vivemos em um dos países mais seguros do mundo. Nós recebemos mais de 90 eventos esportivos por ano, e nosso planejamento incansável e meticuloso para esses eventos garantiu a entrega bem sucedida e segura, a cada vez", insistiu. 

(Com informações da AFP)