rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Vladimir Putin Eleições Rússia

Publicado em • Modificado em

Putin oficializa sua candidatura para as eleições de 2018

media
Vladimir Putin é o principal candidato das eleições russas Sputnik/Alexei Druzhinin/Sputnik via REUTERS

O presidente russo Vladimir Putin depositou oficialmente e diante das câmeras sua candidatura nesta quarta-feira (27), na Comissão eleitoral central. Sorridente, o chefe de Estado apresentou seu passaporte e uma lista de documentos, que foram verificados na mesma hora.


“Fim da verificação dos documentos, obrigado, boa sorte e feliz ano novo!”, disse o membro da Comissão que o recebeu. Putin, de 65 anos, será um candidato independente para as eleições de 18 de março do próximo ano.

Ele já é o favorito para a votação, levando em conta a falta de reais concorrentes. Caso reeleito, ficará no poder até 2024.

Jogo ganho

Mais de vinte candidatos disseram querer confrontar Vladimir Putin nessas eleições, como o dirigente do partido de extrema direita LDPR Vladimit Jirinovski, Pavel Groudinine do Partido comunista e a jornalista próxima da oposição liberal Ksenia Sobtchak.

O inimigo principal de Putin, Alexeï Navalny, de 41 anos, teve sua candidatura rejeitada na última segunda-feira pela Comissão eleitoral central. A instituição justificou sua decisão fazendo menção à condenação do mesmo por desvio de fundos. Navalny, jurista responsável por uma investigação sobre a corrupção das elites, alega que a rejeição é uma estratégia para afastá-lo da política.

A despeito dos diversos casos de corrupção, de problemas com o sistema de saúde e a taxa de pobreza aumentando, as sondagens dão vitória certa a Putin. Certos pesquisadores alertam, entretanto, para uma elevada abstenção, tendo em vista a baixa popularidade e a ausência de um adversário forte.