rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Síria Israel Bombardeio Ataques Militar

Publicado em • Modificado em

Israel bombardeia alvos militares na Síria

media
Um comunicado das Forças Armadas sírias menciona três ataques noturnos e afirma que um avião israelense foi atingido por disparos da defesa antiaérea síria. REUTERS/Omar Sanadiki

As forças armadas israelenses realizaram diversos bombardeios aereos e tiros de mísseis perto de Damasco, capital da Síria, nesta terça-feira (9), de acordo com um comunicado divulgado pelo regime sírio. O ataque, perto de uma posição militar, provocou vários danos materiais.


Desde o início da guerra civil na Síria, em 2011, Israel realizou diversos ataques contra as forças armadas do país e o movimento xiita Hezbollah, que luta ao lado do regime de Bachar al-Assad contra grupos rebeldes e jihadistas. Os bombardeios da noite de segunda (8) para terça-feira (9) visaram depósitos de armas das forças sírias e do Hezbollah.

O exército sírio afirma ter atingido um avião israelense e obrigado as forças do país a recuar na região de Qoutayfe, no nordeste de Damasco, segundo a agência oficial Sana.

Os ataques provocaram explosões sucessivas e incêndios. Síria e Israel estão oficialmente em estado de guerra há dezenas de anos. Os israelenses ocupam 1200 km2 das colinas de Golan, desde 1967, o que não é reconhecido pela comunidade internacional. Cerca de 510 km2 continuam sob controle sírio.

Ação militar pontual

Já Israel afirma ter atirado dois mísseis subterrâneos e quatro foguetes, mas os sírios disseram que eles foram interceptados. Os israelenses temem que o Hezbollah se instale de maneira duradoura na Síria. Em novembro, o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, deixou a entender que agiria militarmente na Síria quando julgasse “oportuno”.

(Com informações da AFP)