rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
  • Giuseppe Conte anuncia demissão do cargo de primeiro-ministro da Itália

Índia Inundações Desabrigados

Publicado em • Modificado em

Inundações na Índia causam a morte de mais de 300 pessoas

media
Soldados regatam pessoas de áreas afetadas pelas inundações. REUTERS/Sivaram V

O número de mortos nas inundações que afetam há dez dias o estado indiano de Kerala subiu, nesta sexta-feira (17), para 324, segundo informações do governo local. O ministro-chefe de Kerala, Pinarayi Vijayan, afirmou que a localidade "enfrentava as piores inundações do último século". Para enfrentar essa crise "extremante grave", o governo local reforçou as operações de resgate para evacuar as pessoas afetadas pelas chuvas torrenciais. Milhares delas já foram salvas, mas 6 mil ainda se encontram isoladas.


Cerca de trinta helicópteros do exército e 320 embarcações participam das operações de salvamento. Os pescadores locais também ajudam com seus barcos na tarefa de resgate.

O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, anunciou nesta sexta-feira ter tratado com Vijayan a situação das inundações, que começaram na semana passada. "Me deslocarei nesta noite (de sexta-feira) a Kerala para examinar a situação", prometeu Modi em uma mensagem no Twitter.

Chuvas são comuns, mas não neste volume

No estado de Kerala, famoso por suas praias paradisíacas, costuma chover com grande intensidade durante a estação das monções, mas as chuvas foram especialmente fortes neste ano. Mais de um milhão de turistas visitaram Kerala no ano passado, segundo dados oficiais.

O ministro-chefe de Kerala afirma que 223.139 pessoas sem moradia foram abrigadas em 1.500 acampamentos improvisados. "Todos os distritos, excetuando o de Kasargod, estão em alerta vermelho. As chuvas torrenciais podem afetar 13 distritos. Todos os seus habitantes devem estar muito atentos", informou a equipe de Vijayan no Twitter. As previsões meteorológicas não são animadoras e continuam prevendo chuvas para os próximos dias.

Moradores pedem ajuda

Enquanto esse problema perdura, cresce o número de habitantes que pedem ajuda nas redes sociais. "Minha família e a dos vizinhos sofre graves problemas por causa das inundações na região de Pandanad Nakkada", relata Ajo Varghese em uma publicação que viralizou no Facebook. Não temos "nem água nem comida. Os telefones celulares não funcionam. Ajudem-nos, por favor!", pede ele.

Um dirigente local confirmou que o problema nas linhas telefônicas dificulta o contato com os habitantes afetados pelas inundações que precisam de ajuda de maneira urgente. Mais de 10 mil quilômetros de rodovias foram danificados em Kerala. As chuvas torrenciais também geraram inundações e outros estados indianos, como o de Karnataka, no norte de Kerala, ou o de Madhya Pradesh, no centro do país.

No total, pelo menos 868 pessoas já morreram por causa de inundações em sete estados indianos, incluído o de Kerala, desde que começou a estação das monções em junho, segundo o ministério do Interior.