rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
  • Tunísia : Boca de urna aponta vitória do professor Kais Saied

Hong Kong Manifestação

Publicado em • Modificado em

Manifestantes vão às ruas de Hong Kong com máscaras, apesar de proibição

media
Manifestantes antigoverno se reúnem no centro de Hong Kong nesta sexta-feira (4). REUTERS/Jorge Silva

Manifestantes com máscaras estabeleceram barricadas no centro do distrito comercial de Hong Kong nesta sexta-feira (4), pouco depois do anúncio do governo local sobre a aplicação de uma lei de emergência que proíbe o uso de máscaras.


Dezenas de manifestantes usavam barreiras de plástico, pedaços de madeira e cones de trânsito para bloquear as ruas no distrito central, onde ficam as sedes de importantes empresas internacionais.

Milhares de pessoas, também de máscaras, se posicionaram atrás da principal barricada.

Também foram criadas barricadas no distrito de Kowloon Tong. E centenas de pessoas com os rostos cobertos organizaram um protesto em um centro comercial de Sha Tin.

A chefe do Executivo de Hong Kong, Carrie Lam, anunciou nesta sexta-feira a aplicação de uma lei de emergência, que não era utilizada desde 1967, para proibir o uso de máscaras por manifestantes, em uma tentativa de acabar com meses de protestos violentos.

A norma entrou em vigor à meia-noite de sexta-feira.