rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
RFI CONVIDA
rss itunes

“Lisboa é uma ‘cidade resort’”, afirma membro de associação turística

Por Marcos Lúcio Fernandes

Portugal está na moda. O país tem se destacado em várias áreas e ganhado cada vez mais força no cenário internacional. Em 2016, a nação portuguesa venceu o Campeonato Europeu de Futebol e seu maior astro, Cristiano Ronaldo, mantém o título de melhor jogador do mundo. Em 2017 foi a vez do jovem cantor Salvador Sobral brilhar no Festival Eurovisão da Canção. Para fechar com chave de ouro, o português Antonio Guterres foi eleito secretário-geral da ONU.

A RFI conversou com Vitor Carriço, da associação Turismo de Lisboa, para entender melhor o crescimento do interesse mundial pela cidade, que acaba de ganhar o prêmio de “Melhor destinação no mundo para viagens curtas”.

Para Vitor Carriço, a explicação está no fato de Lisboa ser uma cidade segura, dotada de um grande contato humano e privilegiada pelo sol quase o ano todo. “É uma cidade única, com uma luz maravilhosa e especial, uma história imensa. É uma das cidades mais antigas do mundo, décima nona em termos de antiguidade. Temos uma gastronomia maravilhosa, toda a costa portuguesa é reconhecida por ter o melhor peixe do mundo. Tudo isso faz com que Lisboa seja a única capital que pode ser considerada um ‘resort’”.

Novo “velho mundo”

Lisboa recebe turistas do mundo todo, com destaque para os americanos e brasileiros, mas seus principais visitantes vêm da própria Europa, que redescobrem, pouco a pouco, a capital portuguesa. Eles são, em sua maioria, da Espanha, Alemanha, Reino Unido, Escandinávia e Holanda.

Uma das possíveis razões para uma demora na “descoberta” de Lisboa por seus vizinhos europeus é a distância e a falta de visibilidade. “Lisboa está mais afastada do centro da Europa, diferentemente de Paris, Berlim e Londres e, se calhar, não éramos tão conhecidos. Essa mudança é resultado do trabalho que temos feito junto à imprensa para mostrar estas qualidades que temos, que muitas pessoas desconheciam, mas que quando chegam à Lisboa ficam boquiabertos com o manancial que temos para oferecer”.

Além de toda a beleza exterior, com a enorme Praça do Comércio de frente para o Tejo, a ponte 25 de Abril e os inúmeros mirantes com belos pontos de vista para assistir ao pôr-do-sol, Lisboa conta com 58 museus. Entre eles está a fundação Calouste Gulbenkian, um dos 7 melhores museus de pequena escala no mundo, que contém uma impressionante coleção de arte do século XIX e egípcia. “Lisboa está exposta para o público”, afirma Vitor Carriço.

Mistura como identidade

Dentro desse contexto, o risco de “gentrificação” de bairros tradicionais ronda a cidade, como ocorreu com outras capitais como Nova York ou Paris. Mas Vitor Carriço permanece otimista face ao desafio que Lisboa deve enfrentar nos próximos anos.

“Os portugueses em geral, e os lisboetas em particular, têm essa capacidade de se misturar com outros povos. Nossa identidade parte um pouco daí. Nós somos o resultado de uma miscelânea de povos e de cultura, portanto não acho que há esse problema. Obviamente há mais espaços sendo alugados por turistas, mas não creio que seja um problema para a cidade esse número de turistas, pois conseguimos equilibrar de forma razoável”, reflete.

Feira de Frankfurt: “Brasil é o país das impossibilidades”, diz Luiz Ruffato

“Se não tomarmos cuidado, fotografo um mundo em extinção”, diz Sebastião Salgado em Frankfurt

Barbara Paz: Documentário premiado em Veneza é seu “filho-filme” com Babenco

Conferência Internacional [SSEX BBOX] em Paris tem Jean Wyllys e Lea T na programação

Ao canonizar irmã Dulce, papa Francisco promove humanismo, diz biógrafo da religiosa brasileira

Brasil vendia imagem de país cordial, mas sempre foi autoritário, diz Lilia Schwarcz

"Descoberta mudou a física e a astronomia”, diz cientista brasileiro que pesquisou com novo Nobel

“Sucesso do cinema brasileiro não é acidente, foi plantado há vários anos”, diz Karim Ainouz

Da janela de um arranha-céu de Porto Alegre, Rodrigo John filma a “virada histórica” do Brasil de 2013 a 2018

“Desmonte da cultura é um verdadeiro pesadelo no Brasil” diz Julio Bressane, homenageado no Festival de Biarritz

“Surto de desmatamento na Amazônia se explica pela chegada do governo Bolsonaro”, diz cientista do INPA

Documentário sobre greve de caminhoneiros no Brasil é exibido em Paris

"Jacques Chirac vai ser lembrado como um bon vivant", diz escritor Gilles Lapouge

Violência no Brasil é fruto do aparato repressivo herdado da ditadura, diz filósofo Edson Teles

Festival 'Brésil en Mouvements' celebra 15 anos com 11 filmes inéditos e participação da família de Marielle Franco

Pesquisadores formam rede para divulgar acervos estrangeiros sobre cultura brasileira

"João Gilberto sintetizou o samba", diz Bernardo Lobo ao homenagear compositor em Paris